-
Postado em 22 de Abril às 20h35

Polinutri prevê faturamento de R$ 460 milhões e investimentos de R$ 11 milhões para 2021

Empresas (54)

O distanciamento social não impediu o evento que marca os objetivos para o ano corrente no mês em que completa 32 anos de atividade com a máxima “juntos, mesmo que virtual, vamos mais longe”

Mais de 190 participantes reservaram suas agendas para participar da Convenção Virtual 2021 Polinutri sob o “novo normal” realizada em 22 de março (segunda-feira) deste ano. “Tudo na vida tem um copo meio cheio e meio vazio, temos que o olhar o copo sempre meio cheio. Tivemos que nos adaptar para poder realizar nossos objetivos e a Polinutri se adequou rapidamente a este momento ímpar da história mundial”, disse o CEO da companhia, Paulo Roberto de Andrade, sobre os resultados conquistados pela companhia em 2020.

Frente aos desafios impostos, o executivo fez sua análise da equação frente ao “novo normal” do agronegócio e inúmeros foram os desafios – câmbio, logística, disponibilidade de matérias-primas e custos de produção (grãos) – com forte impacto durante o ano. “Mesmo com toda essa volatilidade tivemos um crescimento interessante de mais de 18% em comparação a 2019”, destacou e salientou que o maior desafio, não só para a Polinutri, foram os custos dos ingredientes. “Com muita competência todo o time Polinutri conseguiu manejar este desafiador ano através da proximidade junto aos nossos clientes”, discorreu o executivo.

Para este ano, a empresa inicia inúmeros investimentos para dar sequência ao crescimento. “Estamos estruturando inúmeras ações que darão suporte ao que queremos: novas fábricas, parcerias, reestruturação de equipes, criação de novos serviços entre outras ações farão parte desta nova fase do ciclo Polinutri”, definiu o CEO.

O Diretor de Operações, Humberto Saad, corrobora as avalições do CEO e incluiu: “Mesmo diante de tantas dificuldades nos reinventamos nesta nova realidade e investimos. Ao todo foram injetados R$ 7 milhões em todas as unidades e para este ano planejamos R$ 11 milhões visando o nosso crescimento sustentável.”

“Estamos nos superamos e conseguimos neste ano realizar com excelência a nossa convenção no formato virtual. Somos uma família e o nosso propósito é ser reconhecida e entregar o que prometemos sempre em linha às necessidades dos nossos clientes porque sabemos que juntos vamos mais longe”, finalizou Paulo.

 

Sobre a Polinutri – Fundada em 1989 a empresa atua no desenvolvimento, na produção e comercialização de soluções e produtos para a nutrição e saúde animal. Conta com três unidades industriais – Treze Tílias (SC), Euzébio (CE) e Maringá (PR) –, dois Centros de Distribuição (CDs) – Lavras (MG) e Lajedo (PE) – e sede administrativa em São Paulo (SP). Aliado a isso conta com um laboratório próprio em Maringá (PR) reconhecido e atestado pela FAO, Embrapa e Rommer Labs. Atualmente a empresa atende os mercados de ração acabada, premix e núcleos para as áreas de bovinocultura de corte e leite, suinocultura, avicultura de corte e postura, carcinicultura, piscicultura, peixes ornamentais e pets.

 

Texto: Giracom

Imagem:

Veja também

VetanCast ultrapassa os 2.000 plays no Spotify28/04 Com o objetivo de levar ao ouvinte a opinião de personalidades do agronegócio, em setembro do ano passado a Vetanco lançou o projeto VetanCast. Trata-se de uma série de podcasts com duração de 12 minutos, e cada episódio desenvolve um tema relacionado ao setor da avicultura ou suinocultura. Nesta semana, já são mais de 2.000 plays contabilizados no......

Voltar para EDITORIAS