-
Postado em 26 de Fevereiro às 09h37

Setor produtivo de SC reúne-se com governador

Em reunião com o governador Carlos Moisés da Silva, no dia 19 de fevereiro, as entidades do Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (COFEM) debateram pauta ligada ao desenvolvimento do Estado e manifestaram apoio à reforma da previdência estadual. Na reunião, realizada na Casa da Agronômica, em Florianópolis, foram discutidos incentivos ao setor agrícola e ao transporte de cargas, política para o turismo, licenciamento ambiental e ações ligadas à inovação.

"Foi uma reunião positiva. Demonstramos ao governador as nossas demandas e estamos à disposição para defender os interesses do Estado, como a reforma da previdência, que é uma discussão que a sociedade tem que enfrentar com muita responsabilidade para que possamos ter a garantia de pagamento para quem já é aposentado e para os trabalhadores que irão se aposentar", afirmou o presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina, Mario Cezar de Aguiar, ao final do encontro.

O COFEM é integrado pelas federações das indústrias (FIESC), do comércio (Fecomércio), da agricultura (FAESC), dos transportes (Fetrancesc), das associações empresariais (FACISC), das câmaras de dirigentes lojistas (FCDL) e das micro e pequenas empresas (Fampesc).

 

Texto: Assessoria de Imprensa da FIESC

Foto: Filipe Scotti

Veja também

Sombra e água fresca23/11/18 A qualidade do ambiente é essencial para que haja conversão alimentar, menos estresse, e mais bem-estar animal.   Um ambiente confortável tem como princípio básico a minimização de fatores estressantes aos animais, que visa garantir o bem-estar e leva em conta aspectos como densidade animal, possibilidade de desenvolver o comportamento natural da......
Embarques de milho somam US$ 1,34 bi em agosto, alta de 169,2%13/09/19 Com uma safra recorde de cerca de 100 milhões de toneladas de milho, as exportações do cereal foram recorde em agosto deste ano e atingiram US$ 1,34 bilhão no período (+169,2%) e também em quantidade embarcada com 7,6......

Voltar para EDITORIAS