-
Postado em 12 de Novembro de 2020 às 21h27

Respeito e dedicação: Uma grande família chamada Aurora

Cooperativas (45)

No ambiente dessa cooperativa de alimentos, que hoje é considerada uma das maiores e mais queridas do Brasil, é comum repetir que as pessoas são o principal ativo. Elas trazem vida à Aurora Alimentos todos os dias, seja produzindo a matéria-prima no campo, industrializando nas fábricas, comercializando em todo país. Elas são as responsáveis por fazer essa grande engrenagem sustentável funcionar e levar produtos seguros e saborosos à mesa de milhares de famílias do Brasil e do mundo.

                     Por Sheila Marangoni

Quando falamos em família, estamos falando de cuidado. E na Aurora são mais de 100 mil, que há mais de 50 anos se dedicam e dão o seu melhor. Por isso, há uma atenção especial com o compromisso social relacionado ao bem-estar das pessoas envolvidas em todos os processos produtivos.

Esse cuidado começa no campo, com as mais de 65 mil famílias de empresários rurais, associadas às 11 cooperativas filiadas à Aurora. Eles são responsáveis por produzir os suínos, aves e leite, matéria-prima que dá origem aos produtos da Aurora. Em parceria com as cooperativas filiadas, a Aurora desenvolve ações e atividades dentro do Programa de Desenvolvimento de Produtores Rurais Cooperativistas, denominado Encadeamento Produtivo, que buscam a melhoria da qualidade de vida no meio rural, com ganhos não apenas em produtividade, mas em aspectos sociais, como relacionamento familiar, lazer e autoestima.

Com o auxílio de instrutores capacitados e a parceria de instituições como o Sebrae, Senar, Sescoop e Sicoob, são desenvolvidos cursos em que as famílias rurais são convidadas a participar. A partir daí todos têm a exata noção da importância do seu trabalho e bem-estar para a continuidade do negócio. Em mais de 20 anos de trabalho, os resultados são significativos. Os avanços nas propriedades rurais são visíveis, tanto na parte organizacional, produtiva, aliado ao resgate da autoestima e a volta dos filhos às propriedades, hoje econômica e socialmente sustentáveis.

Quando a excelência começa no campo, a qualidade é garantida. Família Both, associada à Cooperitaipu, cooperativa filiada ao Sistema Aurora

E quando nos transportamos para as unidades fabris, administrativas e comerciais da Aurora Alimentos, nos deparamos com mais ações, voltadas ao corpo funcional da cooperativa. O entendimento é de que não basta motivar as pessoas e oferecer apenas o que a legislação preconiza. É preciso oferecer as condições e o ambiente necessário para que se desenvolvam e sintam orgulho do local em que escolheram para suas carreiras profissionais. Na Aurora, são mais 34 mil empregados de norte a sul do País. São culturas, etnias e idiomas diferentes, mas todas entendem seu propósito.

Eles fazem parte dos mais de 34 mil empregados que atuam nas unidades da Aurora

Por isso a Aurora oferece, além dos benefícios legais, um pacote de benefícios voltado à qualidade de vida e satisfação dos empregados, visando complementar a renda familiar, de forma justa e compatível com a sua necessidade. Plano de saúde com mensalidade 100% custeada pela empresa, plano odontológico, prêmio assiduidade, alimentação com acompanhamento nutricional e Plano de participação nos resultados são alguns exemplos.

Quanto ao desenvolvimento profissional, apenas em 2019, a Aurora Alimentos investiu R$ 5,4 milhões no desenvolvimento de seus empregados, totalizando aproximadamente 541 mil horas em cursos. Não à toa, em diversos anos a Aurora tem conquistado prêmios e espaço entre as melhores empresas do Brasil em índice de desenvolvimento humano organizacional.

O cuidado com a nossa gente e a dedicação de cada um, no campo e nas indústrias, reflete na qualidade dos produtos. Hoje, a Aurora Alimentos possui à disposição do consumidor um mix completo, formado por mais de 850 produtos que proporcionam diversidade para todas as horas do dia. Três marcas (Aurora, Nobre e Peperi) apresentam uma variedade em cortes de suínos e aves, lácteos, massas, pescado e industrializados.

Veja também

FecoAgro/RS confirma bom desempenho das cooperativas agropecuárias gaúchas20/12/19 As cooperativas agropecuárias gaúchas devem fechar 2019 com um faturamento próximo a R$ 25 bilhões, dando continuidade ao crescimento registrado entre 2016 e 2018. Apesar do momento tímido que a economia brasileira vive, o setor cooperativo continuou avançando em patamares superiores a outros segmentos do país e do Estado, e a expectativa é de que esse......
José Roberto Ricken é reeleito presidente do Sistema Ocepar05/04/19 O engenheiro agrônomo José Roberto Ricken foi reconduzido ao cargo de presidente do Sistema Ocepar, nesta semana, em Curitiba, durante a Assembleia Geral Ordinária (AGO) de prestação de contas do exercido de 2018. Na......

Voltar para EDITORIAS