-
Postado em 04 de Abril de 2019 às 09h57

Qualidade das palestras é o grande diferencial do SBSA

Eventos (69)
  • Revista Setor Agro & Negócios -
  • Revista Setor Agro & Negócios -
  • Revista Setor Agro & Negócios -
  • Revista Setor Agro & Negócios -
  • Revista Setor Agro & Negócios -
  • Revista Setor Agro & Negócios -
  • Revista Setor Agro & Negócios -
  • Revista Setor Agro & Negócios -
  • Revista Setor Agro & Negócios -
  • Revista Setor Agro & Negócios -
  • Revista Setor Agro & Negócios -
  • Revista Setor Agro & Negócios -
  • Revista Setor Agro & Negócios -
  • Revista Setor Agro & Negócios -
  • Revista Setor Agro & Negócios -

A alta qualidade do conteúdo técnico das palestras do Simpósio Brasil Sul de Avicultura, mais uma vez, destaca o evento entre os mais conceituados da América Latina. Durante três dias, o teatro do Centro de Eventos de Chapecó (SC) esteve lotado.
Na quarta-feira, foram debatidos os critérios de condenação, nas visões Europeia, Americana e Brasileira. O palestrante Nathan Wideman, abordou o tema “Avaliando as melhores práticas para redução de Campylobacter e Salmonell em plantas de processamento de aves”. O frango de corte do futuro também integrou as discussões, que seguiram com o assunto “Fatores que afetam a qualidade dos pintinhos e o desempenho no abate”.
A 20ª edição do SBSA encerra nesta quinta-feira, com as palestras de Oscar Morales, que fala sobre “Fisiopatologia e seus custos sobre a resposta do sistema digestório”. Doug Korver ministra o tema “Custos de energia da dieta nas infecções por coccidiose ou vacinação. O último dia do evento reserva também os assuntos “Enfermidades Metabólicas de maior impacto em frangos de corte” e “Controle de salmoneloses paratíficias com vacinação.

Confira também registros das empresas e profissionais que participam Poultry Fair.
 

Veja também

9º SBSBL: Quais gargalos limitam o crescimento do setor leiteiro?04/10/19 A bovinocultura leiteira desempenha um importante papel na agropecuária brasileira. Principalmente na última década, cresceu acima da média mundial, levando o país a ocupar a quinta posição no ranking dos maiores produtores de leite. O setor é repleto de oportunidades, mas também de desafios para seu pleno desenvolvimento. Evoluir em aspectos como......

Voltar para EDITORIAS