-
Postado em 19 de Março às 18h27

Os benefícios das fibras funcionais na suinocultura

Suinocultura (26)

Mais de 100 profissionais ligados a indústria produtora de carne suína estiveram presentes no dia 10 e 12 de março em Toledo (PR) e Chapecó (SC) consecutivamente para a segunda edição do FiberDay, evento organizado pela Biosen (Salto/SP), empresa austro-brasileira especializada em soluções tecnológicas nutricionais, que levou para essas regiões informações atualizadas a respeito do uso de fibras funcionais na suinocultura.

Nomes importantes que atuam na pesquisa deste tipo de solução abordaram temas importantes sobre os benefícios deste tipo de ferramenta de otimização da performance zootécnica pelo uso do OptiCell, entre eles: o professor Bruno Silva (Universidade Federal de Viçosa) apresentando o "Comportamento e manejo alimentar de fêmeas de alta produtividade em países tropicais"; o Diretor Geral do Grupo Even, Pierre Lebreton que tratou da "Experiência Europeia na nutrição de leitões com foco em saúde intestinal e desempenho zootécnico pelo uso das fibras funcionais" e Maarten Kenis (Agromed) que trouxe a palestra "Como uma fibra insolúvel fermentável de alta qualidade pode aumentar a produtividade e a qualidade dos leitões".

Bruno Silva, apresentou pesquisas acadêmicas realizadas em granjas que comprovam na prática que a utilização da fibra funcional junto a ração melhora muito a sobrevivência de leitões após o nascimento, bem como a qualidade gestacional das fêmeas e o menor tempo para o processo de parto. "O bem estar animal, melhor estabilidade hormonal, aumento de peso e maior produção de leite são outros aspectos importantes que observamos em nossas pesquisas junto a propriedades que utilizam a fibra funcional", salientou o pesquisador.

Destaque para o entendimento do comportamento e manejo alimentar de fêmeas de alta produtividade. Isso porque cada vez mais granjas nacionais contam com fêmeas hiperprolíficas com média de 30 leitões/nascidos/ano nestas regiões por onde passou o FiberDay. Por este motivo se torna determinante o suporte nutricional mirando a integridade estrutural e integridade intestinal dessa categoria de animais.

"Apresentei nas duas etapas pesquisas acadêmicas realizadas em granjas que comprovam na prática que, pela utilização da fibra funcional junto a ração, há considerável melhora na qualidade gestacional das fêmeas, há uma redução do tempo para o processo de parto e, por fim, há melhora substancial na qualidade e sobrevivência de leitões pós nascimento", abordou o professor da UFMG Bruno Silva, especialista em Bioclimatologia, em sua palestra. E acrescentou que as fibras funcionais garantem outros aspectos conforme apresentado nas suas pesquisas realizadas em granjas que utilizam fibras funcionais. "Elas contribuem também para o bem estar animal, na estabilidade hormonal, no aumento de peso e na maior produção de leite."

O zootecnista de Toledo (PR), Willian Wesendonck, que já trabalha com a fibra funcional há 4 anos, exemplifica como a tecnologia que chega ao produtor isenta de qualquer tipo de toxina, traz benefício reais para a cadeia produtiva de suínos. "Tenho percebido que, com a inserção da fibra na alimentação dos suínos, a rentabilidade melhorou sobremaneira em um curto espaço de tempo. Acredito nesta tecnologia que transforma produtividade trazendo ganhos importantes ao produtor", ressalta.

Nesta perspectiva, o Diretor Geral do Grupo Even, Pierre Lebreton, garantiu para os presentes: "Quando se decidi sobre os ingredientes que estarão contidos na alimentação animal o perfil da dieta poderá mudar a microbiota". A prova para esta afirmação foi apresentada durante seu relado sobre a experiência europeia na nutrição de leitões com foco em saúde intestinal e desempenho. "Comprovamos que o uso da fibra funcional auxilia sobremaneira na qualidade intestinal e com efeitos extremamente promissores no controle de patógenos. Além disso, se inserida desde a gestação e sua continuidade no período do desmane dos leitões há uma diminuição considerável no número de natimortos melhorando o crescimento até o abate", explicou.

Na avaliação do Diretor Geral da Biosen, Fernando Toledano, a 2ª edição do FiberDay Conference Brazil foi marcada pelo ávido interesse dos profissionais ligados à nutrição animal das principais suinoculturas e cooperativas do Paraná e do Oeste de Santa Catarina. "Nas duas etapas do nosso encontro técnico-científico percebemos o elevado interesse por informações de qualidade e que possam fazer diferença dentro dos seus negócios", avaliou.

Revista Setor Agro & Negócios De acordo com ele, a evolução das linhagens genéticas vem desafiando a indústria de nutrição e os vieses estão direcionados para o manejo nutricional de porcas....

De acordo com ele, a evolução das linhagens genéticas vem desafiando a indústria de nutrição e os vieses estão direcionados para o manejo nutricional de porcas. "Mostramos que o uso do OptiCell contribui na fisiologia digestiva do animal, mantendo as fêmeas suínas em um estado glicêmico prolongado. A consequência disto é visto principalmente em uma melhora substancial no peso de leitões ao nascimento e uma melhor produção de leite das porcas. Além disso, foi demonstrado que com estado glicêmico mais prolongado há diminuição nas principais causas de mortalidade de porcas, reduzindo a taxa de descarte de fêmeas do plantel."

O Gerente de Negócios da Biosen, Luciano Heis, disse que o evento atendeu as expectativas dos participantes nas duas etapas e da Biosen. "Participaram mais de 100 profissionais das áreas de produção, nutrição e genética de alto conhecimento técnico em busca de novas ferramentas tecnológicas para a suinocultura, aproximadamente 100 mil matrizes reunidas nas duas etapas. Todos os palestrantes atenderam as expectativas da organização e do público abordando temas com profundidade e de forma completa. Além disso, o modelo adotado foi positivo. Além das apresentações desenvolvemos uma mesa redonda que gerou muitos questionamentos encerrando as duas etapas de forma extremamente produtiva", avaliou e conclui: "O uso de fibras funcionais tem chamado a atenção da suinocultura por entregar uma série de benefícios. Para 2021 o FiberDay Conference Brazil chegará a sua terceira edição e terá aumento de público devido a intensa procura pelos resultados obtidos pelo OptiCell nas granjas."

Atualmente mais 150 mil matrizes utilizam o OptiCell por sua eficiência e devido a busca por alternativos ao uso de antibióticos promotores de crescimento. "Na primeira edição do evento plantamos uma semente em um campo fértil, já nesta edição podemos ver que esta semente deu frutos e está se disseminando muito rápido", conclui Fernando Toledano.

Sobre a Biosen

A Biosen é uma empresa de capital austro-brasileira ligada ao setor de nutrição e saúde animal. Distribui e representa comercialmente soluções suplementares, ingredientes e tecnologias capazes de promover a saúde dos animais sem que haja a necessidade do uso de antibióticos. É composta por profissionais altamente qualificados com história de sucesso na gestão comercial e estratégica no setor agroindustrial.

 

Com informações Assessoria de Comunicação Biosen

Veja também

Receita de exportações de carne suína cresce 54,6% em fevereiro12/03 As exportações brasileiras de carne suína (considerando todos os produtos, entre in natura e processados) totalizaram 67,4 mil toneladas em fevereiro, informa a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). O número é recorde para o mês e supera em 24,7% o volume embarcado no mesmo período de 2019, quando foram exportadas 54,1 mil......

Voltar para EDITORIAS