-
Postado em 16 de Março às 22h40

Muuunique, Inteligência Artificial do Mais Leite diminui a distância entre produtores e laticínios

Bovinocultura (44)

Muuunique, uma simpática vaca é a mais nova ferramenta para otimizar o dia a dia das propriedades leiteiras, dos técnicos de campo e dos gestores de laticínios. Através da inteligência artificial ela realiza tarefas antes maçantes, de modo confiável e prático, ajuda no compartilhamento de informações importantes e percebe quando algo sai dos padrões, mantendo todos bem informados e focados nos objetivos, afinal o laticínio é o reflexo de seus produtores.

O termo inteligência artificial foi criado em 1956, mas só se popularizou hoje graças aos crescentes volumes de dados disponíveis, algoritmos avançados, e melhorias no poder e no armazenamento computacional.

A inteligência artificial, ou apenas IA, possibilita a análise de grandes volumes de dados, através de algoritmos avançados, oferecendo apoio na tomada de decisão, destacando padrões interessantes e fornecendo insights.

A diretora do sistema Mais Leite, Táubita de Sordi, destaca que "o setor Agro está em constante evolução, com novas tecnologias sendo utilizadas diariamente para melhorar a forma de realizar as tarefas. Na pecuária leiteira isso não pode ser diferente, os produtores desejam evoluir e prosperar na atividade". Táubita também observa que "através da Muuunique conseguimos otimizar o modo de gestão do laticínio e das propriedades, automatizando tarefas rotineiras, tornando o trabalho mais eficiente".

Detalhes da Muuunique

Apresentada ao público no dia 13 de fevereiro, a Inteligência Artificial Muuunique é representada por uma simpática vaca com um design cativante e amistoso, desenvolvida para gerir um grande volume de dados e auxiliar na comunicação entre laticínios e cooperativas para com seus produtores.

Ela assume a função de um técnico virtual, sendo proativa na detecção e análise de informações, enviando imediatamente alertas e notificações aos gestores, técnicos e produtores. Por exemplo, após identificar uma oscilação nos padrões de CBT (Contagem Bacteriana Total) a Muuunique gera um alerta que chega diretamente ao produtor, indicando possíveis formas de solução conforme orientação do laticínio ou cooperativa. Ela também alerta ao produtor sempre que ocorrer alguma média geométrica trimestral fora da normativa. "É importante destacar que a Muuunique não é apenas uma forma de observar o que está ruim, ela também é uma ferramenta de reforço positivo, trazendo elogios e incentivos aos produtores que vem se dedicando e cumprindo as metas e normativas, afinal o reconhecimento do bom trabalho também deve ser observado" comenta Táubita.

A Inteligência Artificial da Muuunique automatiza os processos realizando diversos mapeamentos individualizados, de acordo com a necessidade do laticínio ou da cooperativa. Everton Lenger, Gerente de Tecnologia da Informação do Mais Leite, ressalta que todos os produtores vinculados as Cooperativas e Laticínios parceiros do sistema terão acesso a Muuunique. Everton comenta que "a equipe do Mais Leite busca trazer ferramentas que permitam aos produtores continuar na atividade, seja através de uma gestão eficiente, do aumento da rentabilidade ou até através da sucessão familiar, levando inovações para o jovem do campo". Segundo a Embrapa Gado e Leite a cada 11 minutos um pecuarista de leite brasileiro deixa a atividade por falta de investimento em tecnologia e problemas na sucessão familiar.

Agropecuária On Line

Outra solução implementada para otimizar os canais de comunicação com produtor é a Agropecuária On Line. Esta solução traz um canal confiável, que é familiar do produtor, para que ele tenha acesso aos produtos disponibilizados pelo laticínio ou cooperativas sem necessitar sair da propriedade, o que em muitos casos envolve vários quilômetros e um custo elevado.

A agropecuária on line visa atender os produtores em itens como rações, medicamentos, higienização ou até equipamentos de reposição. Dependendo da realidade de trabalho de cada empresa.

A Inteligência Artificial surge aqui novamente, a Muuunique passa a entender e aprender as necessidades da rotina do produtor e começa a oferecer recomendações personalizadas.

Entenda o sistema Mais Leite

O sistema Mais Leite, software elaborado pela Sempre Mais Sistemas, possui o objetivo de aumentar a produção e o rendimento de propriedades, laticínios e cooperativas, além de diminuir os custos de produção e possibilitar uma maior eficiência produtiva na cadeia leiteira.

O acesso ao software pode ser realizado pelos perfis de produtor, técnico ou agroindústria e conta com indicadores para a gestão da reprodução, qualidade, sanidade, financeira, visitas técnicas, entre outros, tudo de uma maneira rápida e prática.

Toda a estrutura do Mais Leite foi desenvolvida para gerar ganho de tempo. Cristiano Cecon, gerente comercial do Mais Leite, afirma que um dos objetivos do sistema é a redução do tempo gasto na busca de informações e na compilação de dados. Segundo o Interact Source "19,8% do tempo de trabalho é desperdiçado em busca de informações", com o Mais Leite nós conseguimos reduzir este tempo para poucos segundos".

Em breve vamos otimizar ainda mais a rotina colocando à disposição dos usuários a ferramenta de Checklist. Seu objetivo é atender aos pré requisitos do PQFL (Plano de Qualiificação dos Fornecedores de Leite) na categorização das propriedades e criação de cronogramas de ação, destaca Cristiano.

A implementação do Mais Leite junto as propriedades pode ser viabilizada em parceria direta ou via Programa Mais Leite Saudável (PMLS), que permite aos laticínios e cooperativas a apuração de créditos presumidos do PIS/Pasep e da Cofins, de leite in natura utilizado como insumo.

O sistema Mais Leite é uma empresa catarinense premiada nacionalmente pelo SEBRAE de Inovação e é referência quando se trata de tecnologias inovadoras para transformar o cenário da pecuária leiteira.

 

Com informações Assessoria de Comunicação Sempre Mais Sistemas

 

Veja também

Resultados do ATeG: propriedades crescem em produção, produtividade, qualidade e renda26/11/19 As propriedades rurais que participam do Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) em Bovinocultura de Leite obtiveram um incremento de 23,8 milhões de reais em 2019. O resultado foi apresentado pela coordenadora de assistência técnica e gerencial Paula Araújo Dias Coimbra Nunes durante Seminário em Chapecó. O programa iniciou em território......
Inverno: a temporada das forrageiras 14/05/19 Uma das maiores preocupações do homem do campo durante o inverno é a qualidade do pasto que será ofertada aos animais, alternativas para evitar o efeito sanfona e não perder sua lucratividade. Pastagens escassas, menor......
Pesquisa aponta deficiência no manejo vacinal em bezerras16/12/19 A eficiência da vacina contra clostridioses, aplicada nos primeiros meses de vida das bezerras, está sendo prejudicada devido a uma prática de manejo comum entre os produtores de leite: a aplicação de várias vacinas ao......

Voltar para EDITORIAS