-
Postado em 31 de Julho de 2019 às 09h40

MERCOAGRO 2020: Maior feira da indústria da carne das Américas será lançada em Chapecó nesta quinta-feira

Eventos (70)

Empresários, expositores, apoiadores, autoridades e profissionais de imprensa participam às 19 horas desta quinta-feira (01), na cantina do Cesec, em Chapecó, do lançamento de uma das maiores feiras técnicas da indústria mundial de alimentos: a MERCOAGRO 2020, Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne. A expo-feira é uma iniciativa da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC).

O presidente da ACIC Cidnei Luiz Barozzi antecipou que, no lançamento, será anunciado o estágio em que se encontram os preparativos, o esforço de venda e as demais informações sobre a expo-feira que ocorrerá entre os dias 15 e 18 de setembro do próximo ano, no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó (SC).

Na ocasião, o gerente do projeto Mercoagro Nadir José Cervelin apresentará a planificação geral, as melhorias do parque de exposições, a estrutura da cidade e as condições para participação. A diretora da Enterprise Feiras e Eventos, Maria Antônia Siqueira Ferreira, relatará o resultado da comercialização.

A Mercoagro 2020 terá 205 estandes com 350 marcas representadas. A previsão é de 20 mil visitantes/compradores e negócios da ordem de 200 milhões de dólares.

A 13ª edição da MERCOAGRO, em 2020, representará 26 anos de ininterruptas edições bienais. Nesse período, estimulou a difusão e exposição de tecnologias, a aproximação entre fornecedores e usuários, a realização de seminários e a divulgação internacional. Além disso, gerou oportunidades de negócios entre fornecedores, fabricantes e compradores finais, promovendo as regiões das empresas produtoras.

À exemplo das doze anteriores, a edição de 2020 já é um sucesso: 100% dos estandes foram comercializados. A iniciativa da ACIC tem como parceira a Prefeitura de Chapecó e as principais entidades do agronegócio do País.

 

Texto: MB Comunicação

Imagem: Facebook Mercoagro 

Veja também

Rentabilidade ao produtor e demanda por alimentos colocam agricultura na era digital10/07/19 A exigência de se produzir alimentos para 9,8 bilhões de pessoas até 2050 e ainda manter a rentabilidade no processo colocam a agricultura dentro da era digital. Recursos como o Big data, que disponibiliza diversos dados e informações analisadas em tempo real, colocaram a produção de alimentos em um novo patamar, no qual se preza pelo melhor aproveitamento dos recursos......

Voltar para EDITORIAS