Postado em 18 de Fevereiro às 09h57

Mais Cooperativismo, novo sistema para desenvolver a atividade, é anunciado por Tereza Cristina

Cooperativas (10)

Em visita a Cabaceiras, no semiárido da Paraíba, o município onde chove menos em todo o país, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, anunciou neste domingo (17) que vai fortalecer os programas do ministério de incentivo às cooperativas com um novo sistema, o Mais Cooperativismo, em parceria com a Organização das Cooperativas do Brasil (OCB). Tereza Cristina visitou as cooperativas dos Curtidores e Artesãos em Couro de Ribeira de Cabaceiras (Arteza) e dos Caprinobovinocultores e disse ter ficado emocionada com o modelo de trabalho, que está proporcionando emprego e renda para a população local.

A ministra disse que os projetos são exemplo para todo o país, porque estão fazendo com que jovens, que deixaram a região em busca de melhor qualidade de vida, retornem para viver na cidade.

“Aqui tem um curtume que não usa produtos químicos, não está contaminando, está promovendo o desenvolvimento sustentável. Temos aqui o exemplo vivo do que é possível melhorar no país. Num município onde a gente deveria encontrar pobreza, a gente chega aqui e tem o prazer de ver um trabalho que pode ser replicado para todo o semiárido nordestino e para o Brasil inteiro. Isso aqui é um exemplo de sucesso para o Brasil”, elogiou a ministra.

A Cooperativa dos Curtidores e Artesãos em Couro (Arteza), fundada há 14 anos, trabalha a pele dos caprinos usando processo de curtimento vegetal. É usada a casca do angico, árvore abundante na região, sem aditivos químicos. A partir do produto são fabricados sapatos e bolsas.

Tereza Cristina disse que o cooperativismo é fundamental para o trabalho no campo e que o governo tem muito a fortalecer no setor. Ela já conversou com a diretoria da OCB e se encontrou, no Paraná, com dirigentes do setor. “O objetivo é fazer com que as pequenas também cresçam”, ressaltou.

Tereza Cristina afirmou também que o governo não vai acabar com nenhum projeto social sério no país, mas apenas com aqueles em que o dinheiro some sem chegar a quem precisa. Ela disse que vai contar ao presidente Jair Bolsonaro o exemplo de sucesso que encontrou em Cabaceiras. “Vou mandar alguém do ministério para conhecer vocês e replicar em outros municípios esse exemplo de gente guerreira, que fez da adversidade o sucesso. Vou dizer ao presidente que temos casos de êxito no Nordeste e que precisamos apoiá-los. A região já tem muita que gente que transforma a adversidade em sucesso”, afirmou.

A criadores de cabra que produzem queijos recomendou que sugiram ao governo do estado aderir ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi-Poa) do Ministério da Agricultura. "Com isso, poderão vender esse queijo maravilhoso que vocês fazem para qualquer lugar do Brasil. Os consumidores terão certeza da qualidade de seus produtos e ninguém precisa vender escondido”.

Informações e Foto: Ministério da Agricultura

Veja também

Copercampos investe mais de R$ 9 milhões na indústria de rações31/05 A Indústria de Rações Copercampos está sendo ampliada. A cooperativa realizada neste ano, investimentos para elevar a eficiência de sua planta que produz rações para o setor Agroindustrial e também rações atender a demanda das Lojas Agropecuárias, nas linhas para aves e suínos. Nesta segunda quinzena de maio, as equipes de construção iniciaram a instalação da caldeira flamotubular que permitirá a peletização......
Aurora inaugura segunda unidade de disseminação de genes16/04 A Cooperativa Central Aurora Alimentos – terceiro maior grupo industrial de alimentos cárneos do Brasil inaugura  nesta terça-feira (16) a segunda Unidade de Disseminação de Genes (UDG II) que permitirá ampliar em......
Aurora Alimentos - Eleita Empresa Cidadã 2018 pela ADVB/SC23/11/18 A Cooperativa Central Aurora Alimentos conquistou o prêmio Empresa Cidadã ADVB/SC 2018 na Categoria Participação Comunitária com o case "Casamento Cooperado: realizando sonhos e transformando vidas", promovido por......

Voltar para EDITORIAS