-
Postado em 03 de Setembro de 2019 às 09h19

Embrapa Suínos e Aves lança seu primeiro curso online

Um treinamento sobre potencial agronômico dos dejetos suínos é o primeiro curso online oferecido pela Embrapa Suínos e Aves de Concórdia-SC. As inscrições estão abertas até o dia 29 de setembro, no portal e-Campo, a vitrine de capacitações online da Embrapa, no endereço www.embrapa.br/e-campo/potencial-agronomico-dos-dejetos-de-suinos. O curso gratuito tem 20 horas de duração divididas em cinco módulos e acontece de 30 de setembro a 24 de outubro.

Voltado para profissionais das áreas de agronomia, engenharia sanitária e ambiental ou agentes públicos de fiscalização ambiental, o treinamento online tem como objetivos caracterizar os dejetos e identificar quais componentes estão presentes, sua origem e o destino mais adequado do ponto de vista ambiental e agronômico; calcular doses de dejetos a aplicar no solo de acordo com a demanda das culturas e eficiência agronômica dos nutrientes contidos nos dejetos suínos; estimar o consumo de água e os fatores que influenciam no consumo excessivo em granjas de suínos, bem como as metodologias para controlar esse excesso; e definir as vantagens da adubação orgânica e organomineral em relação ao mineral, suas dificuldades e gargalos.


e-Campo 

O e-Campo é um espaço destinado à divulgação das capacitações na modalidade a distância desenvolvidas pela Embrapa, em linguagem didática e de fácil entendimento.

As capacitações são elaboradas por equipes multidisciplinares da Embrapa e de parceiros, dentre eles pesquisadores, designers instrucionais e profissionais de diversas áreas. Por serem ofertadas em ambientes virtuais de aprendizagem, permite que o aluno determine seu ritmo e local de estudo, além de possibilitar o acesso pelo computador, tablet ou smartphone.

A lista completa de cursos oferecidos pelo e-Campo da Embrapa está disponível no endereço www.embrapa.br/e-campo.

 

Texto: Assessoria de Imprensa Embrapa Suínos e Aves

Imagem: Lucas Scherer Cardoso/Embrapa Suínos e Aves

Veja também

Em meio a epidemia do coronavírus, começa a colheita da noz-pecã no RS13/04 Com o início da colheita de noz-pecã no Rio Grande do Sul em abril, a expectativa é de movimentação intensa nos pomares a partir das próximas semanas. As nogueiras são cultivadas em cerca de oito mil hectares nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, o que coloca o Brasil como quarto maior produtor mundial do fruto. O solo e o clima temperado......
Em busca da pacificação04/06 Há uma dose muita alta de incertezas na sociedade. As pessoas estão inseguras quanto a praticamente tudo – emprego, renda, saúde, futuro do País. A crise sanitária provocada pela pandemia do novo coronavírus......

Voltar para EDITORIAS