-
Postado em 06 de Fevereiro de 2020 às 07h37

Embrapa estima que o Brasil produz 75 mil toneladas de pimentas por ano

Segundo a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), não existe uma estimativa exata da produção da pimenta no país, mas acredita-se que são aproximadamente 5 mil hectares de área cultivada por ano, gerando uma produção de 75 mil toneladas da especiaria.
Só a Sabor das Índias, empresa brasileira especializada em produtos à base de pimenta, situada em Vinhedo, no estado de São Paulo, processou um total de 109 toneladas no ano de 2019, contabilizando um aumento 34% em relação a 2018.

A Embrapa informa que ainda não é possível ter uma estimativa exata da produção de pimenta no Brasil, porque em grande parte, é cultivada por pequenos agricultores de diversas regiões brasileiras.

A Sabor das Índias, por exemplo, reforça a ideia de praticar a responsabilidade socioambiental, trabalhando diretamente com produção familiar, viabilizando negócios com 21 famílias em Minas Gerais e utilizando matéria-prima da Amazônia em suas criações, como o Murupi, por exemplo, também adquirido diretamente dos produtores ribeirinhos instalados na região dos rios Negro e Solimões.

As informações da Embrapa ainda apontam um consumo crescente e isso tem aumentado a demanda pelo produto, tornando esse segmento do agronegócio um dos mais importantes do país, sendo que parte da produção é voltada também para a exportação em diferentes formatos, dado também validado pela empresa de Vinhedo. A Sabor das Índias fechou o ano passado com um aumento de 20% em suas vendas para o mercado exterior, chegando a países como Angola, Canadá, China, Dubai, Estados Unidos, Holanda, Inglaterra, Paraguai, Portugal e Suíça.

Sabor das Índias, empresa familiar fundada há 25 anos na cidade de Vinhedo, interior de São Paulo. Hoje, a marca comandada pelos irmãos Diogo Moreira de Aquino e Gustavo Moreira de Aquino, exporta diversos itens derivados da pimenta para Angola, Canadá, China, Dubai, Estados Unidos, Holanda, Inglaterra, Paraguai, Portugal e Suíça. Todos os produtos são veganos, livres de conservantes e corantes, além de serem preparados com azeite de oliva.

 

Com informações Assessoria de Imprensa Embrapa

Foto: Freepik

Veja também

Ouro Verde anuncia Paulo Sorge como novo Diretor de Vendas de Ativos22/11/19 A Ouro Verde, especialista em gestão de frotas de veículos e equipamentos, anuncia Paulo Sorge como o novo Diretor de Vendas de Ativos da empresa. O executivo possui sólida experiência no segmento comercial de vendas de ativos novos e seminovos. Sorge desenvolveu sua carreira em empresas nacionais e multinacionais de grande porte, atuando como Executivo em empresas como FCA Latam (Fiat......
Novas vacinas buscam o avanço da biossegurança na avicultura brasileira18/06Antônio Piantino, membro do Conselho da FACTA, analisa o atual cenário de vacinação no setor A ciência e a tecnologia estão a favor da sanidade avícola e a inovação trouxe muitos benefícios para os processos de vacinação, permitindo vacinar vários animais ao mesmo tempo e garantindo um......

Voltar para EDITORIAS