Postado em 21 de Outubro de 2019 às 09h01

Custos de produção de suínos se mantêm estáveis em setembro; produzir frango fica mais caro

Mercado (87)

Os custos de produção de suínos e de frangos de corte calculados pelas CIAS, a Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa tiveram comportamentos diferentes no mês de setembro. Enquanto o ICPFrango registrou o segundo mês consecutivo de alta (+1,55%), chegando aos 222,51 pontos, o ICPSuíno manteve praticamente estável em comparação a agosto (-0,03%), fechando o nono mês do ano em 221,69 pontos.

O ICPSuíno mantém uma relativa estabilidade desde junho. De lá para cá, o índice calculado pela Embrapa variou apenas 0,28 ponto. Aliás, o índice de setembro é igual ao de junho (221,69 pontos). Apesar disso, no ano, o ICPSuíno acumula alta de +1,13%. O custo por quilo vivo de suíno produzido em sistema de ciclo completo em Santa Catarina é o mesmo de agosto: R$ 3,88.

Já o ICPFrango acumula uma variação de +2,12% em 2019 e registrou a pontuação mais alta do ano justamente em setembro. O custo de produção do quilo do frango de corte vivo no Paraná passou de R$ 2,83 em agosto para R$ 2,88 em setembro, valor calculado a partir dos resultados em aviário tipo climatizado em pressão positiva.

Os índices de custos de produção foram criados em 2011 pela equipe de socioeconomia da Embrapa Suínos e Aves e Conab. Santa Catarina e Paraná são usados como estados referência nos cálculos por serem os maiores produtores nacionais de suínos e de frangos de corte, respectivamente.

Confira todas as informações acessando diretamente www.embrapa.br/suinos-e-aves/cias/custos.

Aplicativo Custo Fácil

Disponível para download gratuito, o Custo Fácil auxilia o produtor integrado e a assistência técnica a estimar o custo de produção e obter relatórios para a gestão da granja. O Custo Fácil pode ser baixado em smartphones ou tablets com sistema Android na Google Play Store.

Planilha de custos do produtor

Produtores de suínos e de frango de corte integrados podem usar na gestão da granja uma planilha eletrônica feita pela Embrapa. Ela compara a receita obtida com os custos de produção, acompanhando a geração de caixa da granja e o impacto da prestação do financiamento. A planilha ainda analisa o resultado e apresenta uma estimativa da Taxa Interna de Retorno (TIR) do investimento. Ela pode ser baixada no site da CIAS.

Texto e infográficos: Assessoria de Comunicação Embrapa Aves e Suínos

Veja também

Impactos do coronavírus para o agro23/03 A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) traça um cenário do impacto da pandemia do Covid-19 para o agro, a partir de levantamentos periódicos de informações sobre o cenário interno e externo. No dia 11 de março a OMS decretou Pandemia do novo coronavírus. Desde estão os estados e o governo federal têm......

Voltar para EDITORIAS