-
Postado em 20 de Fevereiro às 08h26

Crescimento e inovação marcarão Mercoagro 2020

Eventos (69)

O excelente momento que vive a indústria de processamento de carne no Brasil e no mundo está se refletindo na preparação da Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne (Mercoagro 2020), programada para o período de 15 a 18 de setembro próximo no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó (SC).

O número de expositores que adquiram espaços e asseguraram presença na maior expo-feira do setor da América Latina cresceu 20%: são 231 empresas confirmadas que representarão mais de 400 marcas. Todos os espaços foram comercializados e ainda há fila de espera. O público visitante também crescerá 20% e deve atingir 22.000 compradores.

"Isso não é apenas otimismo, é fato concreto" expôs o gerente geral da Mercoagro 2020 Nadir José Cervelin. Observa que o ambiente internacional de exportações crescentes garantirá transações superiores a 200 milhões de dólares durante a feira. Em 26 anos de realizações ininterruptas, a Mercoagro consolidou a reputação de alavancar negócios em todas as áreas da indústria de proteína animal.

Dados da Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia confirmam que o mercado estará ainda mais aquecido em setembro, estimulando a ampliação e a construção de novas plantas industriais de processamento de carne. "Isso sinaliza excelentes vendas de máquinas e equipamentos", assinala Cervelin.

Ele observa que as perspectivas para o mercado mundial de carnes são positivas. "O crescimento populacional mundial assegura elevada e crescente demanda por proteínas nobres". Lembra que no período de 2015 a 2025 o aumento populacional totalizará 780 milhões de pessoas, atingindo 8,1 bilhões de seres humanos no Planeta Terra.

Para fundamentar seu otimismo, o dirigente mostra que o consumo per capita de carnes (bovina, suína, peixe e aves) no mundo chegou a 41 kg/habitante/ano. O nível de ingestão de proteínas de alguns países demonstra, com clareza, a extensão e as possibilidades desse mercado. "O surgimento de doenças nos planteis de suínos da China levou este país a intensificar as compras de carne no mercado mundial, alavancando as exportações brasileiras. Não há dúvidas de que a demanda global por carnes vai se acelerar até 2025, com crescimento anual sustentado de 1,4% em bovino, 1,1% em suíno, 1,6% em aves e 2,0% em ovino, de acordo com projeções do Rabobank".

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC, entidade promotora), Nelson Eiji Akimoto, enfatiza que a marca da feira será a inovação. Estão programados mais de 200 lançamentos de produtos e serviços. Praticamente todos os expositores apresentarão novidades ou relançamentos. Inovação também foi palavra de ordem na planificação, gestão e operação da feira. Recursos comunicacionais – site, aplicativo e outras ferramentas – já estão funcionando como canais diretos com expositores e outros públicos da feira. 

Perfil da Mercoagro

A Mercoagro 2020 terá 231 expositores que, no conjunto, representarão mais de 400 marcas. É esperado um público de 22 mil visitantes/compradores e previsão de negócios é de 200 milhões de dólares.

A expo-feira criará 3 mil empregos temporários durante o período de realização, com injeção de R$ 15 milhões na economia local.

A Mercoagro ocupará 20 mil m² de área bruta de área do parque de exposições para apresentar as tendências, novidades e inovações que o setor oferece.

Participarão da expo-feira empresas dos setores de refrigeração, sistema de automação industrial, ingredientes e aditivos, embalagens e tripas, transporte e armazenagem, equipamentos industriais e acessórios, projetos de engenharia e consultorias especializadas, entre outros produtos e serviços para atender a indústria da carne.

Os países que estarão presentes na condição de expositores ou visitantes são Alemanha, Argentina, Áustria, Austrália, Bolívia, Chile, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, Itália, Equador, Bélgica, Holanda, Paraguai, Uruguai, Rússia, Canadá, China, França e Islândia, entre outros.

A feira é promovida e organizada pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), com patrocínio da Aurora Alimentos, Unimed Chapecó, BRDE e Sicredi, parceria da Prefeitura de Chapecó e apoio do Nucleovet, Abrafrigo, Facisc, Unoesc, Embrapa, Sincravesc, Asgav/Ovos RS, Chapecó e Região Convention & Visitors Bureau, ABPA, Sihrbasc, Fiesc, Senai, Sesi, Unochapecó, Sebrae, Safetrading e Sicoob.

A comercialização é coordenada pela Enterprise Feiras e Eventos. Mídia oficial: revistas Agro & Negócios, Frigonews e Mais Carne.

O credenciamento para a feira é gratuito e está disponível pelo site oficial: www.mercoagro.com.br.

 

Com informações MB Comunicação

Veja também

Interleite Sul debaterá conforto e bem-estar animal 25/04/19 Conforto e bem-estar animal será uma das temáticas centrais do Interleite Sul 2019 – considerado o mais qualificado e respeitado seminário técnico do setor – programado para os dias 8 e 9 de maio, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nês, em Chapecó. O painel sobre esse tema está programado para iniciar às 11 horas da......
Recorde de público no 20º Simpósio Brasil Sul de Avicultura02/04/19 O teatro lotado demonstrou o sucesso do primeiro dia do 20º Simpósio Brasil Sul de Avicultura, que iniciou hoje em Chapecó. Em paralelo as palestras técnicas de altíssima qualidade, acontece também a Brasil Sul Poultry......

Voltar para EDITORIAS