-
Postado em 16 de Junho às 10h12

Conheça propriedades rurais e projetos que são modelo de sustentabilidade no Brasil

+ Agro (34)

Além de ser um dos maiores produtores de alimentos do mundo, o Brasil tem mostrado que a sustentabilidade é o caminho para avançar cada vez mais em índices de produtividade e qualidade no campo. Os cuidados com o meio ambiente e a segurança alimentar podem ser vistos em projetos que estão relacionadas ao "Planeta de Abundância", visão da multinacional Alltech, que tem trazido a público iniciativas sustentáveis da agroindústria.

Dentro desta visão, a empresa lançou globalmente a premiação Planet of Plenty, cujo objetivo é reconhecer iniciativas que estão promovendo um planeta de abundância. "O que queremos como indústria é convocar a todos para participar de um planeta sustentável, mas indo além do debate, e partindo para a ação", afirma a diretora administrativa América Latina da Alltech, Elaine Rodrigues.

Entre os cases indicados na premiação estão a Soleá, empresa de Minas Gerais focada no cultivo, processamento e desenvolvimento de produtos provenientes da macaúba, o Confinamento Monte Alegre, localizado em Barretos (SP) e gerido pelo médico veterinário André Perrone Reis, a administradora gaúcha Celina Braciak Zancanaro que produz óleos essenciais, o sistema silvipastoril para produção sustentável de bovinos da Fortuna Nutrição Animal em Mato Grosso, e o "Sisteminha", projeto do professor e pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Dr. Luiz Carlos Guilherme.

Conheça abaixo mais sobre estes projetos brasileiros. Para conferir esses e outros cases completos, basta acessar: www.alltech.com.br

Versatilidade da macaúba

A macaúba é uma palmeira tipicamente brasileira que pode ser utilizada como matéria-prima na produção de alimentos, biocombustíveis renováveis, cosméticos e químicos verdes. A grande oportunidade, identificada pela Soleá, tem sido aproveitar a versatilidade do uso industrial da macaúba e a sua capacidade de recuperar áreas degradadas, entregando sustentabilidade ao negócio. Nas fazendas da empresa em Minas Gerais, o plantio das florestas da palmeira atraiu animais silvestres para a região, catalisou o processo natural de regeneração de reservas legais e áreas de preservação permanente.

Confinamento brasileiro

No Confinamento Monte Alegre, localizado em Barretos (SP) e gerido pelo médico veterinário André Perrone Reis, os cuidados com a produção envolvem a redução do uso de antibióticos, conservação dos recursos naturais, reaproveitamento de resíduos via compostagem, além de projetos sociais desenvolvidos para a comunidade. O veterinário seguiu os passos de seus avós que já atuavam no agronegócio, e trouxe o conhecimento que adquiriu durante um período estudando nos Estados Unidos.

Óleos essenciais

A administradora gaúcha Celina Braciak Zancanaro desenvolve óleos essenciais em um sítio que pertencia ao seu avô. Em sua produção, o diferencial está na utilização do hidrolato, liquido que sobra ao final do processo produtivo dos óleos essenciais e mantém cerca de 4 a 10% do componente aromático da planta. Em termos de quantidade, são extraídos óleos essenciais e hidrolatos de cerca de 16 variedades de plantas do sítio. De cada uma das espécies, é possível captar cerca de meio litro de óleos essenciais em cada safra e até 200 litros de hidrolato.

Sistema silvipastoril

Daniel Wolf e sua família cultivam juntos gado e árvores há dez anos no Mato Grosso. Conhecido como sistema silviopastoril, os bovinos e as plantas trabalham juntos para aumentar o sequestro de carbono no solo, enquanto a criação se torna mais produtiva e sustentável. As árvores podem aumentar o bem-estar animal, em troca, os bovinos fornecem controle natural de ervas daninhas e fertilizam o solo. Ao final, os produtores rurais se beneficiam das recompensas financeiras dessa diminuição de insumos.

Conheça o Sisteminha

Para auxiliar na erradicação da fome, o professor e pesquisador da Embrapa, Dr. Luiz Carlos Guilherme, desenvolveu o "Sisteminha". O projeto auxilia famílias em situação de vulnerabilidade a atenderem suas necessidades nutricionais ao produzirem seus próprios alimentos com qualidade, baixo nível de defensivos e utilização de todos os recursos disponíveis ao redor de sua residência, fomentando ainda o empreendedorismo e a independência financeira em regiões de baixo IDH no Brasil e em diversos países da África.


Sobre a Alltech

Fundada em 1980 pelo empresário e cientista irlandês, Dr. Pearse Lyons, a Alltech oferece soluções inteligentes e sustentáveis para o agronegócio. Nossas tecnologias melhoram a saúde e o desempenho de plantas e animais, proporcionando como resultado alimentos mais nutritivos para as pessoas, assim como um menor impacto ao meio ambiente.

Somos uma companhia líder mundial na indústria da saúde animal; produzindo aditivos, ingredientes, suplementos e alimentos balanceados. Ao celebrar 40 anos em 2020, levamos adiante um legado de inovação e cultura únicos que enxerga os desafios por meio de uma ótica empreendedora.

Os mais de 5.000 talentosos membros de nossa equipe, a nível mundial, compartilham nossa visão de um "Planeta de Abundância ™". Acreditamos que o agronegócio tem o papel principal de moldar o futuro do nosso planeta. Isto será possível com o esforço de todos, em um trabalho conjunto, guiados pela ciência, pela tecnologia e por um desejo comum de fazer a diferença.

A Alltech é uma empresa de propriedade privada e familiar, o que nos permite adaptação rápida às necessidades de nossos clientes e foco em inovações avançadas. A empresa tem uma forte presença em todos os continentes, com sua matriz nos arredores de Lexington, Kentucky, Estados Unidos. Para mais informações visite www.alltech.com.br ou participe de nossas conversas em nossas mídias sociais.

 

Com informações Assessoria de Imprensa Alltech

Veja também

Paraná amplia liderança em piscicultura de cultivo13/03 O Paraná teve um crescimento superior à média nacional na produção de pescados de cultivo em 2019 e consolidou ainda mais a liderança nesse setor. Enquanto no Brasil o aumento foi de 4,9%, o do Paraná alcançou 18,7%, com 154.200 toneladas produzidas. O levantamento foi feito pela Associação Brasileira de Piscicultura (Peixe BR) e divulgado esta......
O feijão que ultrapassou fronteiras23/11/18 Líder brasileira na exportação de pulses, a Coperaguas possui 12 plantas distribuídas estrategicamente pelo Brasil. É reconhecida pela excelência na produção, exportando atualmente para 38......
Brasil tem primeira linha de produtos carne carbono neutro30/08 Foi lançada quinta-feira (27) a primeira linha de produtos no país com a certificação carne carbono neutro. Desenvolvida pela Embrapa, a carne carbono neutro é um selo de certificação da produção......

Voltar para EDITORIAS