-
Postado em 28 de Julho às 21h21

Como potencializar o desempenho das sementes de milho

Grãos (59)

O tratamento de sementes contribui, cada vez mais, com a proteção inicial do plantio de milho, assegurando o estabelecimento da cultura e potencializando os ganhos de produtividade. Um bom tratamento de sementes atualmente, além de prevenir contra patógenos e pragas, pode trazer ganhos nutricionais, fisiológicos e físicos à cultura de milho devido às características dos produtos disponibilizados ao TS (defensivos, enraizadores, micronutrientes, inoculantes e otimizadores – polímeros e pós secantes).

O engenheiro agrônomo Emanuel Soto, coordenador de pesquisa da Laborsan Agro, destaca que tecnologias, como a Film-Coating LABORSAN AGRO®, confere proteção às sementes de milho tratadas, diminuindo perdas do TS, potencializando os benefícios dos ativos e aditivos utilizados, além de trazer melhorias em plantabilidade e no visual das sementes tratadas.

“A resistência à abrasão que os polímeros e pós-secantes de alta tecnologia conferem às sementes tratadas de milho contribui com a menor contaminação dos profissionais que manuseiam as sementes, desde o tratamento até à semeadura. A adesão acentuada de nossos polímeros, com desprendimento gradual defensivos utilizados, diminuem o risco de contaminação do lençol freático”, acrescenta Soto.

Revista Setor Agro & Negócios Sementes tratadas As sementes tratadas via TSI (processo de tratamento em larga escala, realizado em equipamentos automatizados nas indústrias de produtores de sementes de milho) trazem ganhos aos...

Sementes tratadas

As sementes tratadas via TSI (processo de tratamento em larga escala, realizado em equipamentos automatizados nas indústrias de produtores de sementes de milho) trazem ganhos aos produtores devido à Qualidade, Praticidade e Segurança se comparado ao tratamento em propriedades e em equipamentos mais simples (formato on-farm).

A oferta de sementes tratadas via TSI na cultura de milho é grande e corresponde a maior parte do tratamento de sementes de milho no Brasil, porém, na restrição de caldas de tratamento de sementes tratadas via TSI frente às necessidades dos produtores, pode-se optar pela realização do TS na propriedade.

Dicas para o tratamento

A Laborsan Agro compartilha a seguir algumas dicas para um melhor tratamento de sementes de milho:

  • Qualidade fisiológica e genética das sementes utilizadas: sementes certificadas e com alta germinação e vigor; indicadas para as especificidades da região, seja época de cultivo safra ou safrinha e ainda propósito grão ou silagem;
  • Atente-se à recomendação correta dos defensivos, enraizadores, micronutrientes e inoculantes que compõem a calda de TS;
  • Opte por um trabalho realizado através de assistência técnica por profissionais conhecedores da real necessidade e aptos em fazerem uma recomendação agronômica com produtos mais eficientes possíveis e recomendados à cultura, frente aos desafios relacionados à patógenos, pragas, nutricional, fisiológico etc;
Revista Setor Agro & Negócios Atente-se à compatibilidade entre os produtos que compõem a calda de TS; É essencial o uso de polímeros recomendados para o TS de milho e em dose adequada, trazendo dentre...
  • Atente-se à compatibilidade entre os produtos que compõem a calda de TS;
  • É essencial o uso de polímeros recomendados para o TS de milho e em dose adequada, trazendo dentre outros benefícios, adesão, proteção e melhor recobrimento às sementes tratadas. Havendo a possibilidade, trabalhe também com pós secantes de alta performance que podem potencializar a resistência à abrasão da película de tratamento, além de conferir fluidez ao processo e melhora da plantabilidade;
  • Use equipamentos calibrados e adequados visando aplicação mais eficaz (dosagem, melhor recobrimento, diminuição de danos às sementes);
  • Intensifique a segurança ao homem e ao meio como uso de EPIs adequados e estar em local mais apropriado possível, evitando contaminações e, por fim, destinar corretamente os resíduos da operação e possíveis sobras de sementes tratadas.

 

Com informações Laborsan Agro

Veja também

SC bate recorde na exportação de soja nos quatro primeiros meses do ano20/05 O agronegócio catarinense comemora recordes na exportação de soja. Os embarques no primeiro quadrimestre de 2020 somaram mais de 815 mil toneladas, o maior volume dos últimos 10 anos. A China é o principal destino da produção catarinense, responsável por mais de 80% das compras. As informações foram divulgadas no Boletim Agropecuário deste......
Safra catarinense de milho chega a 2,8 milhões de toneladas28/02/19 Maior importador de milho do Brasil, Santa Catarina amplia a safra de milho em 11,4% e deve colher 2,8 milhões de toneladas do grão. O aumento da produção é resultado da expansão da área plantada e de uma das......
Rota do milho: solução a caminho02/07/19 Santa Catarina possui o mais avançado parque agroindustrial brasileiro da avicultura e da suinocultura. Essa fabulosa estrutura gera uma riqueza econômica de mais de 1 bilhão de aves e 12 milhões de suínos por ano, sustenta......

Voltar para EDITORIAS