Postado em 12 de Agosto às 09h20

Chapecó receberá o 2º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano

Eventos (37)

A cidade de Chapecó (SC) é o destino da segunda edição do Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano, que acontece de 4 a 6 de setembro de 2019, no Salão Nobre da Unochapecó - Universidade Comunitária da Região de Chapecó. O evento desembarca em um dos polos agroindustriais do Sul do Brasil, cidade com prestígio internacional no agronegócio.

O Fórum objetiva contribuir para o desenvolvimento da cadeia de biogás e biometano nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, como também em todo o País, por meio de um espaço que oportuniza a discussão sobre a produção e o uso do biogás como fonte de energia e, especialmente, sobre o potencial de desenvolvimento desse setor frente às barreiras existentes.

Segundo o coordenador-geral do Fórum, Clóvis Leopoldo Reichert, está sendo preparado um evento para apoiar o desenvolvimento da cadeia do biogás e facilitar o contato entre os atores desse setor, gerando negócios e projetos. Profissionais de várias partes do País estarão mais uma vez reunidos para participar de painéis, debates, apresentação de cases e visitas técnicas que integram a programação, possibilitando a discussão sobre políticas públicas, inovação, tecnologias, processos e panorama setorial de oportunidades. O Fórum também contará com o Espaço Biogás de Negócios, um ambiente para que empresas e entidades possam divulgar produtos e serviços, ampliar networking, firmar parcerias e realizar negócios.

O evento, que nasceu como Fórum Estadual em 2017, em Caxias do Sul (RS), dará continuidade aos assuntos tratados no 1º Fórum Sul Brasileiro, realizado em junho de 2018, em Foz do Iguaçu (PR). "Ao longo desses três anos, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento setorial do biogás e do biometano nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, como também em todo o País, a consolidação do Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano tem acompanhado a evolução de novas oportunidades setoriais.

Chapecó abriga as principais empresas processadoras e exportadoras brasileiras de carne suína, aves e derivados, com grande potencial de geração de biogás. Com seu polo universitário, infraestrutura, meios de hospedagem, gastronomia e com o apoio da Embrapa Suínos e Aves de Concórdia, e da UnoChapecó, a capital do oeste catarinense é endereço estratégico para o evento", destaca Clóvis Leopoldo Reichert.

Programação

No dia 4 de setembro, após a solenidade de abertura, prevista para as 9h, se iniciam as atividades do Fórum. Às 9h40, o Painel 01 debaterá 'Políticas Públicas', em que será abordado o marco legal para o biogás e o biometano como base para discutir o papel e as oportunidades do biogás na matriz energética brasileira. A partir das 14h, o Painel 02 tratará de 'Inovação'. Nesse debate, serão tratados os impactos das tecnologias em permanente transformação e modelos de negócios inovadores.

No dia 5 de setembro, os trabalhos começam às 8h30, com o Painel 03 'Tecnologias e processos', e serão abordados temas como a otimização de processos, a transferência de tecnologias e a pesquisa aplicada à estruturação da cadeia industrial do biogás e do biometano. Às 15h, o Painel 04 dará ênfase ao 'Panorama setorial de oportunidades', em que serão debatidas as iniciativas que já vêm sendo realizadas em diversas frentes (instituições públicas, sistema educacional, mercado). Após a apresentação de cada painel, haverá espaço para debates.

Ao longo dos dois dias haverá interação direta entre atores do setor energético, investidores, empresas fornecedoras de tecnologias e os usuários deste combustível renovável que é o biogás. A articulação ocorre por meio da apresentação de cases, distribuídos em meio à programação dos painéis e no Espaço Biogás de Negócios, local em que serão apresentadas as novidades tecnológicas do setor e, também, ocorre matchmaking, propiciando novas ideias, projetos e negócios.

Visitas técnicas

O terceiro e último dia, 6 de setembro, será destinado às visitas técnicas. Os participantes do Fórum poderão escolher duas opções de roteiro:

O Roteiro 01 terá como destinos a Central de Tratamento de Resíduos Sólidos Industriais (CETRIC), em Chapecó (SC), e Embrapa Suínos e Aves, em Concórdia (SC). Na CETRIC, os participantes conhecerão a experiência da empresa no aproveitamento do biogás produzido pelo lixiviado do aterro industrial para a secagem de lodo. Na Embrapa, será conhecida a unidade BiogásFORT, planta piloto onde o biogás de dejetos de suínos é convertido em biometano para uso veicular.

No Roteiro 02, será visitado o Sistema de Tratamento de Efluentes da Suinocultura (SISTRATES), na Granja São Roque, em Videira (SC). Os visitantes conhecerão uma alternativa de geração de energia elétrica a partir do biogás conciliada ao tratamento de efluentes para atender padrões de lançamento conforme CONAMA 430. A visita também contempla um momento de descontração na Cervejaria Bierbaum, em Treze Tílias (SC). As vagas são limitadas.

Veja a programação e os palestrantes do Fórum: http://www.biogasebiometano.com.br/programacao

Inscrições para o Fórum

Até o dia 1º de agosto, as inscrições para profissionais, professores e empresários terão o investimento de R$ 230,00. Já para inscrições no período de 2 de agosto a 4 de setembro, o valor passa a ser R$ 280,00. As visitas técnicas são exclusivas para os participantes inscritos no Fórum nos dias 4 e 5 de setembro. O investimento para o roteiro 1 é de R$ 130,00 e para o roteiro 2 é de R$ 150,00.

Inscrições: http://www.biogasebiometano.com.br/inscricao

Realização do Fórum

A realização do 2º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano é do Arranjo Produtivo Local Metalmecânico e Automotivo da Serra Gaúcha (APL MMeA), do Centro Internacional de Energias Renováveis–Biogás (CIBiogás), do Instituto SENAI de Tecnologia em Petróleo, Gás e Energia (IST PGE), da Embrapa Suínos e Aves e da Universidade de Caxias do Sul (UCS)/TecnoUCS. A correalização é da Unochapecó/Parque Científico e Tecnológico Chapecó@.

O evento tem patrocínio Ouro da FAPESC, patrocínio Prata do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e patrocínio Bronze do Grupo Cetric, CHP Brasil, Janus & Pergher, e Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGÁS).

O apoio é da Abiogás, Governo do RS por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Infraestrutura, Fiesc, Fiergs, Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados no Estado de Santa Catarina, Sistema Ocergs Sescoop/RS, Sociedade Brasileira dos Especialistas em Resíduos das Produções Agropecuária e Agroindustrial (Sbera), Low Carbon Business Action Brazil, Unido, Empresa de Pesquisa Energética (EPE), e Chapecó e Região Convention& Visitors Bureau.

 

Texto: Assessoria de Imprensa 2º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano

Foto: Granja São Roque, em Videira (SC), integra roteiro de visitas técnicas no dia 6 de setembro.

Crédito da Foto: Júlio Gomes Filho

Veja também

Nucleovet lança eventos técnicos e feiras de 201927/02 O Nucleovet - Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas - reuniu diretores e profissionais de marketing de empresas dos setores de avicultura, bovinocultura de leite e suinocultura para o lançamento comercial dos três Simpósios que realiza anualmente. O encontro foi realizado nesta segunda-feira, 25 de fevereiro, em Chapecó/SC. Na abertura, o consultor do......
12° SBSS teve troca de conhecimento e novidades para o mercado09/08 Discussões conjunturais, especialistas renomados e temas “hot spot” marcaram o 12º Simpósio Brasil Sul de Suinocultura. Promovido pelo Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet), o......

Voltar para EDITORIAS