Postado em 15 de Abril às 08h24

Benefícios da nutrição in ovo

Avicultura (8)

Pouco conhecida no país, a nutrição in ovo é um sistema que injeta uma série de nutrientes no embrião do frango. O propósito dessa técnica é aumentar a qualidade de vida do animal, para que ele esteja saudável para o abate. 

 

O Brasil é o 3º maior produtor de frangos de corte do mundo. Ao ano chega a produzir mais de 13 mil toneladas e a exportar cerca de 3 mil toneladas, segundo dados da Embrapa. Esses dados só apontam para a qualidade da carne produzida em solo nacional, que a cada ano ganha mais mercado. Porém, para chegar a esse patamar muitos critérios são levados em conta. Uma delas é o melhoramento genético e nutricional do animal, que começa desde a sua fase embrionária. Isso mesmo. Apesar da fase adulta ser a mais importante para o frango, os olhares se voltaram para a sua fase primária de desenvolvimento, no qual o frango passa 30% de sua vida.
Com isso, profissionais da área se voltaram para alternativas que poderiam aumentar o potencial do animal. O resultado foi a técnica chamada de nutrição in ovo. Conforme explica o professor da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Fernando Rutz, a nutrição in ovo consiste em inserir nutrientes no fluído amniótico do ovo embrionado. “O processo ocorre em torno de 3 dias antes da eclosão. Neste estágio do desenvolvimento, o embrião irá ingerir os nutrientes junto com o líquido amniótico. Assim, os nutrientes inoculados no fluído alcançarão o intestino sem qualquer problema”, explica.
Ao nutrir o embrião enquanto ele está em crescimento, acelera o desenvolvimento entérico e a sua capacidade de digestão. O processo surgiu de uma ideia de propiciar um condicionamento dos genes beneficiando o metabolismo e desempenho dos frangos. Tudo isso foi pensado baseado no princípio de que a primeira alimentação é a mais importante.
A qualidade do pintinho recém-nascido é um fato determinante para a saúde, viabilidade e desempenho produtivo do frango. “A alimentação in ovo contempla todos estes aspectos. Por exemplo, reduziria a proporção de pintos de má qualidade ao chegarem na granja”.


Vantagens da nutrição in ovo


- Aumenta a reserva de glicogênio;

- Melhora a qualidade do pinto;

- Desenvolvimento intestinal precoce;

- Melhora o esqueleto;

- Melhora o ganho de peso 2–5%;

-Melhora a conversão alimentar em 2%;

- Melhora o rendimento muscular;

- Melhora a resposta imunológica.

Apesar de apresentar resultados positivos cientificamente, a nutrição in ovo ainda está em âmbito de investigação, ou seja, ela não foi adotada comercialmente no país. Isso se deve a alguns entraves que permeiam a tecnologia e a sua execução. Porém, o professor Fernando argumenta que os resultados são promissores para o futuro do setor. 

Veja também

PIB do agronegócio cresce 0,04% em Abril15/07 O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio cresceu 0,04% em abril deste ano em relação ao mesmo mês do ano passado, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). No acumulado de janeiro a abril, o PIB do agronegócio teve queda de 0,05%. O resultado tanto de abril quanto......
Faesc: atraso no anúncio do Plano Safra preocupa setor rural de SC07/06 O adiamento do Plano Agrícola e Pecuário 2019/2020 pelo Governo Federal criará embaraços para os produtores rurais que necessitam de crédito para custeio e investimento. O alerta é do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa......

Voltar para EDITORIAS