-
Postado em 22 de Abril de 2020 às 18h50

Apex e CNA realizam pesquisa sobre os impactos do coronavírus nas exportações

+ Agro (72)

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimento (Apex-Brasil), com o apoio da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), realiza uma pesquisa até o dia 30 de abril para saber quais são os impactos do novo coronavírus nas exportações agropecuárias.

De acordo com a coordenadora de Relações Internacionais da CNA, Camila Sande, o objetivo da pesquisa é desenvolver alternativas e soluções de negócios internacionais para empresários do setor que estão com dificuldade de exportar os produtos em razão da pandemia da Covid-19.

“Nós vamos avaliar cada caso e tentar atender pelas ações do Projeto Agro.Br, uma iniciativa da CNA, em parceria com a Apex-Brasil, que engloba ações de internacionalização e promoção comercial de produtos agrícolas brasileiros”, disse.

No formulário, o produtor deverá preencher informações sobre algum caso de interrupção das exportações e se houve registro de dificuldade ou paralisia no processo aduaneiro ou na distribuição interna de mercadorias. No caso de insumos, se houve algum problema de fornecimento.

Clique aqui para acessar a pesquisa.

 

Com informações Assessoria de Comunicação CNA

Veja também

Outono pode ter fraca incidência do El Niño, prevê Inmet19/03/20 A previsão do outono, que começa na madrugada desta sexta-feira (20), indica neutralidade do fenômeno El Niño (diminuição da temperatura da superfície das águas do Oceano Pacífico). De acordo com informações do Prognóstico Climático de Outono Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a probabilidade de ocorrência do......
Soluções tecnológicas nacionais para o agronegócio01/03Estação meteorológica produzida em Curitiba possui um conjunto de sensores para a medição de dados climáticos, módulo de coleta e transmissão de dados Não é mais novidade que a agricultura brasileira está cada vez mais "hightech" no gerenciamento das suas operações de produção agrícola. Nesta onda digital, os produtores já estão......

Voltar para EDITORIAS