-
Postado em 29 de Julho de 2019 às 09h09

Agropecuária contribui para expansão de empregos um Junho, diz CNA

Mercado (117)

A agropecuária contribuiu para que a criação de novos empregos em junho tivesse o melhor resultado no mês em seis anos, segundo avaliação da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério da Economia, mostram que o agro foi o segundo setor que mais gerou saldo positivo de postos de trabalho no mês passado, com abertura de 22,7 mil vagas.

"Isso mostra cada vez mais a importância do setor na geração de renda e emprego no Brasil, com 46% da expansão de vagas em junho e 18% no acumulado do ano", explica Paulo Camuri, assessor técnico do Núcleo Econômico da CNA.

As atividades dentro do agro que mais se destacaram em junho foram o apoio à agricultura, laranja e soja. São Paulo foi o estado que mais teve expansão de vagas formais de emprego no setor.

No resultado geral, o saldo líquido de criação de empregos foi de 48,4 mil vagas. O setor de serviços foi o que mais teve abertura de novas vagas (23 mil) em junho.

No acumulado de 2019 (janeiro a junho), os postos de trabalho criados totalizam 408,5 mil, também o melhor resultado desde 2014. As áreas que mais aumentaram os postos de trabalho foram: serviços (272,7 mil), agropecuária (75,3 mil), indústria de transformação (69,2 mil) e construção civil (57,6 mil).

 

Texto: Assessoria de Comunicação CNA

Imagem: Freepik

Veja também

Epagri usa tecnologia para atender remotamente os agricultores catarinenses25/03 Durante a quarentena imposta pelo Decreto nº 515 do governo do Estado, a extensão rural da Epagri está atendendo de forma remota os agricultores, para evitar o deslocamento deste público até os escritórios municipais da Empresa. Assim, ao encontrar um problema na lavoura ou na criação que necessite solução urgente, ou mesmo compartilhar algo de......
Agroindústria de SC manterá níveis de produção24/03 Em documento enviado no fim de semana ao Governador do Estado, Carlos Moisés da Silva, as duas entidades que representam a agroindústria barriga-verde – a Associação Catarinense de Avicultura (ACAV) e o Sindicato das......

Voltar para EDITORIAS