Postado em 09 de Julho às 10h11

AGCO é uma das 40 empresas mais inovadoras do Brasil

Mercado (43)

A AGCO, fabricante e distribuidora líder mundial de soluções para equipamentos agrícolas, foi reconhecida como uma das 40 empresas mais inovadoras do País, segundo o ranking Valor Inovação Brasil, promovido pelo jornal Valor Econômico em parceria com a consultoria Strategy&, ligada à PwC Consultants.

A companhia ocupa a 39° colocação no ranking geral das 150 empresas mais inovadoras do Brasil. A AGCO também foi destaque no ranking setorial, na categoria Automotivo e Veículos de Grande Porte, no top 5 das empresas mais inovadoras do segmento. A solenidade realizada para reconhecimento das empresas que mais inovaram em 2018 aconteceu na capital paulista, na noite de terça-feira, 2 de julho.

Entre os inovadores lançamentos, destacam-se a revolucionária plantadeira dobrável Momentum (presente nos portfólios da Fendt, Massey Ferguson e Valtra, é o primeiro projeto global da AGCO desenvolvido totalmente no Brasil, que será exportada para os EUA e países europeus a partir de 2020) e a colheitadeira Fendt IDEAL (projeto global da AGCO criado a partir do zero representa um marco histórico para a agricultura brasileira, com soluções autônomas para a colheita em larga escala). Além disso, o programa com pacote de serviços agronômicos Farm Solutions e as novas séries de tratores, lançados no último ano, também foram alguns dos grandes destaques que evidenciam os resultados dos investimentos em pesquisa, desenvolvimento e tecnologia da companhia.

Ao longo de 2018, a AGCO inovou não só em seus produtos e serviços, mas também nos processos internos. Em Recursos Humanos, por exemplo, a empresa possui o TRAIT (Team Spirit, Respect, Accountability, Integrity and Transparency), que representa seus principais valores: espírito de equipe, respeito, responsabilidade, integridade e transparência. A iniciativa busca traduzir em ações concretas o que significa ser uma empresa global, trabalhando como pilares o capital humano, a comunidade, o mercado e os fornecedores, a fim de contribuir com uma sociedade mais igualitária.

O Valor Inovação Brasil abrange 23 setores da economia, levando em consideração a intenção, os esforços e os resultados obtidos com a inovação. Dentre os âmbitos analisados, estão lançamentos ou melhorias de produtos e serviços, oferta de complementos tecnológicos, melhoras processuais e reconhecimento do mercado. Na edição deste ano, mais de 200 empresas participaram da pesquisa.

No primeiro semestre de 2019, a AGCO também recebeu o título de Campeã de Inovação na categoria Máquinas Agrícolas, em pesquisa realizada pela revista Amanhã, uma das mais importantes do Sul do Brasil. No total, cerca de 400 companhias tiveram acesso ao teste que deu origem a um ranking das 50 empresas mais inovadoras da região. Além de ser a líder setorial em inovação, a AGCO ficou com a oitava colocação na lista geral de empresas do Sul.


Sobre a AGCO

A AGCO (NYSE: AGCO) é líder mundial em concepção, fabricação e distribuição de equipamentos e soluções agrícolas, e apoia a agricultura produtiva com uma linha completa de equipamentos e serviços relacionados. Os produtos da AGCO são vendidos por meio de cinco marcas principais: Challenger®, Fendt®, GSI®, Massey Ferguson® e Valtra®, contam com suporte de Fuse® em serviços de otimização agrícola. Fundada em 1990, a AGCO está sediada em Duluth, GA (EUA) e teve receita líquida de vendas de US$ 9,4 bilhões em 2018. 

 

Fonte e imagem: Assessoria de Imprensa AGCO

Veja também

Julho tem queda nos custos de produção de suínos e de frangos de corte22/08 Os custos de produção de suínos e de frangos de corte calculados pelas CIAS, a Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa, voltaram a cair em julho depois de registrarem uma alta considerável no mês anterior. Assim, o ICPFrango fechou o sétimo mês do ano em 215,89 pontos (-1,41% em relação a junho). Já o ICPSuíno chegou......
Economia brasileira: 2018 bem melhor que 201723/11/18 Por Felippe Serigati Pesquisador do FGV Agro e coordenador do MBA em Agronegócio da Fundação Getúlio Vargas Mesmo após um ano repleto de turbulências, notadamente do lado político, 2017 entregou a......
Produtores de maçã comemoram a chegada do frio em Santa Catarina08/07 As baixas temperaturas dos últimos dias vieram para tranquilizar os produtores de maçã de Santa Catarina. As macieiras precisam do frio para se desenvolver e gerar bons frutos, justamente por isso são plantadas nas regiões......

Voltar para EDITORIAS